arrow_drop_down
As redes sociais têm dominado a sua vida?

As redes sociais têm dominado a sua vida?

As redes sociais têm dominado a sua vida?

 

Estudo mostra que tempo preso ao digital aumentou 40% na pandemia

 

*Por Rebeca Salgado

 

     Você já parou para pensar quantas horas por dia passa em frente à tela do celular? Seja por trabalho ou diversão, uma pesquisa realizada em 2019, pela consultoria americana GlobalWebIndex, mostrou que o Brasil é o segundo país que passa mais tempo nas redes sociais, com 225 minutos por dia. Os brasileiros perdem apenas para as Filipinas. Certamente durante a pandemia os dados se elevaram ainda mais, já que, outra pesquisa feita em 2020, dessa vez pelo grupo nacional Kantar Ibope, apontou que o uso do WhatsApp, Facebook e Instagram aumentou 40%.

 

     Cresce o uso, cresce também a dependência e os problemas emocionais relacionados às redes. Para o neuropediatra Marino Miloca Rodrigues, muitos jovens e adultos têm buscado online um sistema de recompensas baseado em curtidas, comentários, visualizações e número de seguidores. “Sem perceber ficamos cada vez mais dependentes e a cada vez a recompensa se torna menos satisfatória, gerando em nós uma busca maior por ela - se utilizando de aparências e status que muitas vezes não condizem com a realidade apenas para nos proporcionar uma maior sensação de bem estar.”

 

     Como cristãos, é fundamental estarmos atentos ao impacto que as redes sociais têm causado em nossa vida. Partindo do princípio que nós somos a Bíblia que o mundo lerá, analise primeiramente o que você posta e qual imagem você tem passado. O povo de Deus deve ser conhecido como um povo que vive na verdade e pela verdade. 

 

Colossenses 3:9-10 nos deixa uma preciosa lição: “Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador”.

 

     Não significa que você não deve estar no mundo digital, mas Cristo vive em você, portanto, você deve analisar pontos como sinceridade (o que estou falando é a verdade?), exposição (seu corpo é templo do Espírito, cuidado com as imagens que divulga), seguidores e quem você segue (as pessoas que você segue professam a fé em Jesus?) e, o mais importante, tempo (“busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça” - Mateus 6:33a). 

 

     Não seja escravo das redes sociais nem permita que elas te roubem o tempo com Deus, seu tempo de devocional, de oração, busca e adoração.